Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Jornalista insinua que Kawhi Leonard exigiu cláusulas ilegais por contrato máximo na NBA

Fábio Balassiano

24/07/2019 05h00

Um dos mais influentes (e polêmicos) jornalistas esportivos dos EUA, Stephen A. Smith, da ESPN norte-americana, insinuou (sem dar prova alguma…) na segunda-feira que Kawhi Leonard exigiu cláusulas ilegais para fechar com Los Angeles Clippers, o escolhido por Kawhi para assinar seu contrato máximo de 3 anos e US$ 103 milhões. Los Angeles Lakers e Toronto Raptors também estavam no páreo final para assinar com o MVP das últimas finais.

"Sou eu que estou falando, e estou colocando aqui o meu chapéu de repórter, não de analista deste programa. Conversei com pessoas do círculo da NBA e o que fiquei sabendo é que o Tio Dennis, que é quem cuida das coisas do Kawhi, estava pedindo uma série de cláusulas para todos os times com os quais ele estava negociando. Casas, aviões e patrocínios garantidos, só para ficar em alguns exemplos. Chegou nessa esfera, e todas as cláusulas são consideradas ilegais de acordo com as regras trabalhistas da NBA", afirmou Smith em seu programa First Take, da ESPN, para depois emendar:

"Eu não tenho ideia se esses rumores são corretos, mas as pessoas nos círculos da liga têm falado demais sobre isso. Essas são as razões pelas quais Lakers e Raptors se sentiram usados por Dennis e Kawhi. Não porque perderam o atleta, mas porque sabem exatamente o que o Clippers cedeu a Leonard para contratá-lo. Então agora estão as franquias apontando o dedo para o Clippers, como que dizendo 'eu sei o que você fez', mas de verdade eu não estou nem aí. Eu quero logo vê-lo em quadra, de modo que não me importo como o Clippers fez para contratá-lo", finalizou seu polêmico comentário.

A NBA, por sua vez, informou ontem à noite que abrirá uma investigação para tratar do caso. Segundo nota enviada à imprensa, a liga entende que as acusações do jornalista são graves demais e que os processos de contratação de atletas têm protocolos a seguir, motivo pelo qual apurações com uma empresa terceirizada serão realizadas.

Lakers e Raptors preferiram tampouco de pronunciar. Kawhi Leonard, obviamente, nem deve saber o que está acontecendo, recluso em seu mundo e esperando a pré-temporada começar. Ele sabe que seu Clippers é um dos favoritos ao título da NBA graças a sua presença e também a de Paul George, outro All-Star contratado.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.