PUBLICIDADE
Topo

Parecia impossível, mas James Harden está desafiando marcas de Wilt Chamberlain

Fábio Balassiano

18/12/2019 06h01

No mundo do basquete, sempre houve um mito em cima de um nome: Wilt Chamberlain. Considerado um dos melhores jogadores de todos os tempos e certamente o mais "animalesco" pontuador da história da NBA, o ex-pivô de 2,16m que faleceu em 1999 tem praticamente TODOS os recordes de pontuação da liga e quase nunca ninguém chegou perto. Na Wikipedia há um verbete não só sobre seu nome, mas sobre TODOS os recordes de uma carreira que tem dois títulos (1967 e 1972) e passagens por Philadelphia, San Francisco e Los Angeles Lakers, vejam só vocês.

Basquete o dia inteiro no Grupo do Bala na Cesta no Telegram – entra aí!

Para se ter uma ideia, a maior pontuação em um único jogo é dele, o jogo de 100 pontos em 1962. Kobe Bryant, em 2006, chegou a 81, faltando (ainda) absurdos 19 para igualar a marca de Wilt. Não custa lembrar que em 1962 não havia linha de três pontos. Das 10 maiores médias de pontos em uma temporada, 5 são de Chamberlain, sendo que a maior, de 50,3 pontos por jogo em 1961/1962, parece algo anormal – e é mesmo.

O tempo passou, o jogo mudou, ficou cada vez mais veloz e nessa temporada há alguém que está colocando as marcas. Ele se chama James Harden, joga no Houston Rockets, tem excepcionais 38,9 pontos de média (a terceira maior da história – a segunda, de 44,9 em 1963, também é de Wilt) e nessa temporada da NBA tem mais pontos (1.049) do que minutos jogados (1.020), tornando-se o primeiro jogador desde Wilt em 1962/1963 a ter mais de 1.000 pontos nos primeiros 27 jogos do campeonato (Chamberlain teve 1.371).

Quer mais semelhança entre o Barba e Wilt? O camisa 13 do Texas igualou um feito que apenas Chamberlain tinha alcançado. Com os 55 e 54 pontos contra Cleveland e Orlando fora de casa na semana passada Harden se tornou o segundo ser humano do planeta a obter 50+ pontos em partidas consecutivas fora de casa. Alucinante na temporada 2019/2020 e guiando o seu Houston Rockets a ótima campanha de 18-9, o ala ultrapassou Kobe Bryant com partidas de 55+ pontos – agora são 11, só ficando atrás, claro, de Wilt, que tem 72 neste sentido.

Tem muita gente que diz que Harden poderá se tornar o segundo jogador da história a chegar a 100 pontos em uma única partida. Não dá pra saber, mas o mais recomendável, no momento, é não duvidar do Barba para nada. Os recordes de Wilt, quase todos eles, podem, sim, ser alcançados pelo camisa 13 do Houston Rockets.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.

Bala na Cesta