Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Sonho da NBA adiado: brasileiro Didi é "emprestado" para a Austrália

Fábio Balassiano

07/07/2019 01h00

Ainda não será na próxima temporada da NBA que o brasileiro Didi fará a estreia na liga norte-americana. Nesta sexta-feira o Sydney Kings, da Liga Australiana (NBL), confirmou a presença do ala ex-Franca no seu elenco visando o campeonato de 2019/2020.

Escolhido na posição 35 do último Draft (a 5ª da segunda rodada portanto), Didi foi "emprestado" pelo New Orleans Pelicans para a Liga Australiana para ganhar experiência (tem apenas 19 anos) e melhorar no seu inglês. Isso não é uma notícia ruim, pelo contrário. Ela mostra que a franquia da NBA vê potencial no atleta e deseja que ele evolua mais rápido do que permanecendo no banco de reservas por lá quase que o campeonato inteiro. Isso se explica pelo fato de que na posição do brasileiro (alas) há uma enormidade de atletas contratados pelo Pelicans (JJ Redick, Jrue Holiday, Brandon Ingram, Josh Hart etc.), o que dificultaria ainda mais na sua busca por tempo de quadra.

Além disso, a NBA tem uma parceria forte com a NBL para desenvolver talentos. Chamada de "Next Stars" (Próximas Estrelas), ela tem o objetivo de utilizar as peças jovens selecionadas no Draft da NBA ou a caminho de (o irmão do ex-armador do Lakers, Lonzo Ball, Lamelo, faz parte deste grupo). O Sydney comemora a chegada de Didi desde já:

"Didi é um ala jovem e atlético. Cremos que ele se destacará na NBL. Ter um jogador longilíneo e pontuador eficiente é muito raro. Estamos ansiosos em tê-lo em Sidney trabalhando conosco", afirmou Chris Pongrass, presidente do Sydney Kings.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.