Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Quase 2.500 cestas de 3 depois, Steph Curry descobre que precisa usar lente pra melhorar a visão

Fábio Balassiano

04/04/2019 02h14

CHRISTIAN PETERSEN / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

O mês de fevereiro deste ano foi estranho pra Steph Curry, armador do Golden State Warriors e um dos melhores arremessadores de todos os tempos. Em 11 partidas disputadas, ele teve o aproveitamento de 37% nos chutes de perímetro, um dos piores meses de sua carreira (em uma década de NBA, incríveis 44% de longe). Ele foi averiguar para saber o que estava acontecendo. E aí, aos 31 anos em uma consulta ao oftalmologista ele descobriu algo bem simples: sua visão estava meio embaçada. Há anos.

Torne-se assinante do Bala na Cesta e tenha conteúdo exclusivo e brindes incríveis!

De acordo com o portal The Athletic onde Curry, autor de 2.469 bolas de 3 em sua carreira de 10 anos na NBA com o Warriors, deu entrevista, Steph teve uma condição degenerativa na vista chamada Keratoconus durante toda sua vida. É uma doença em que a córnea se dilui com o tempo e se transforma em uma espécie de cone, desviando-se da forma circular que deveria ser e fazendo com que a visão se modifique (pra pior, claro). Como resultado, Curry tem um astigmatismo que deixa sua visão embaçada.

"Depois que fui ao médico é como, literalmente, se um novo mundo tivesse se aberto pra mim. Há anos que jogo meio que apertando os olhos, contraindo-os para ter uma visão melhor das coisas. Não era uma mania, mas sim uma necessidade, algo que ficou normal com o tempo. Muitas vezes pensei que era por causa das luzes das Arenas da NBA, mas não era nada disso. Tenho um problema na visão, algo simples de resolver, e passei a usar lentes de contato para corrigi-lo. A primeira vez que eu usei lentes pra treinar foi como se eu estivesse vivendo um novo basquete. Minha vida está bem melhor agora", afirmou Curry ao site.

Coincidência ou não, depois que passou as usar lentes de contato há duas semanas o aproveitamento de Curry passou de 37 para anormais 54% nas bolas de 3 pontos (32/59). Perto de converter 2.500 bolas longas na NBA, o armador do Warriors está em terceiro na lista histórica dos maiores atiradores de perímetro da história da liga. Na frente dele apenas Reggie Miller (2.560) e Ray Allen, o líder com 2.973.

Vale lembrar que na NBA a distância da linha de 3 pontos para a cesta é de 7,24m. Se já era difícil pras demais franquias segurar o brinquedinho assassino com o camisa 30 do Warriors não enxergando direito, imaginem agora.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.