PUBLICIDADE
Topo

Bala na Cesta

Dez perguntas que a reta final da temporada da NBA irá responder a partir de hoje - confira!

Fábio Balassiano

21/02/2019 06h15

A temporada 2018/2019 da NBA retorna hoje depois da paradinha pro All-Star Game que terminou no último domingo em Charlotte. Serão seis jogos nesta quinta-feira, com destaque para Bucks x Celtics e Lakers x Rockets.

Faltando aproximadamente 25 partidas para cada time fazer nesta reta final, ficam basicamente dez grandes perguntas para serem respondidas a partir de hoje. Vamos lá? Vamos nessa então!

1) Bucks líder da NBA? O melhor time da NBA atual é, sim, o Milwaukee, do astro grego Giannis Antetokounmpo (tema aqui neste blog na última semana). A dúvida que fica é: o Bucks terá fôlego para se manter na frente não só do Leste mas também de toda liga, garantindo mando de quadra nos playoffs na conferência mas também em uma eventual disputa do troféu Larry O'Brien? Na minha modesta opinião, sim. O trabalho do técnico Mike Budenholzer tem sido excepcional desde o começo de seu trabalho, o elenco é bem completo e creio que o Bucks estará no mínimo brigando pela melhor campanha da NBA até o final da temporada regular.

2) O Warriors chegará embaladíssimo ao playoff? Com oito vitórias nos últimos 10 jogos, o Golden State já é o líder do Oeste com 41-16 (duas derrotas a menos que o Denver Nuggets e tema de Podcast há algumas semanas inclusive) e faz os outros 29 times se preocuparem absurdamente com o que está por vir.

Steph Curry ligou a sua máquina particular, Draymond Green está defendendo como sempre, Kevin Durant e Klay Thompson matando bolas com a qualidade que a gente conhece e o pivô DeMarcus Cousins está recuperando seu ritmo. Aparentemente o estilo Warriors que conhecemos está ligadíssimo na tomada e a franquia chegará com tudo na pós-temporada, onde buscará um tricampeonato consecutivo da NBA que não acontece desde o Los Angeles Lakers do começo do século.

3) O que acontecerá com o Boston? Não é motivo para crise (ainda), mas o Celtics é quase uma decepção nesta temporada. Com seu núcleo jovem (que deveria estar um pouco mais evoluído) e a volta dos jogadores-franquia de lesão (Kyrie Irving e Gordon Hayward), os verdinhos estão exatamente no meio da zona de classificação do Leste com 37-21 (quarta posição da conferência). É verdade que a equipe venceu sete das últimas dez partidas, mas consistência é uma palavra que a gente não tem visto no time do técnico Brad Stevens desde o começo da temporada. Caso encontre um pouco de regularidade, a franquia torna-se automaticamente uma das favoritas da conferência.

Hannah Foslien / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

4) Lakers e LeBron fora da pós-temporada? O Los Angeles Lakers não joga o playoff desde 2013. Contratou o melhor jogador do planeta e um dos melhores da história justamente para voltar a pós-temporada. LeBron James não fica de fora do grande palco, aliás, desde 2004/2005. O que acontece com os angelinos então em 2018/2019?

Tem 28-29 na campanha, está em décimo no Oeste e hoje veria os playoffs pela televisão, algo inimaginável quando James assinou por quatro anos com a franquia em julho de 2018. É bem verdade que a lesão do camisa 23 atrapalhou muita coisa, mas é bom o Lakers colocar as barbas de molho, porque ficar de fora do mata-mata seria uma CATÁSTROFE de proporções absurdas. Na briga estão times como Sacramento Kings, que tem jogado muito bem, Los Angeles Clippers, San Antonio Spurs e ainda Minnesota Timberwolves. Boa sorte ao elenco do "grande" técnico Luke Walton.

5) Até onde vai a sequência de jogos com 30 pontos de James Harden? Muita gente critica o Barba por achar que ele tem procurado apenas seus números e não as vitórias para seu time, privilegiando a si mesmo e não o bem da equipe, mas eu não compro esse discurso, não. Já são 31 partidas seguidas com 30+ pontos, segunda maior marca da história da NBA (ele empatou com uma das sequências de Wilt Chamberlain, outro monstro da pontuação), mas seu time precisa mesmo é que ele pontue para estar no playoff e com o mando de quadra. O Rockets hoje é o quinto com 33-24 e a dúvida é quando esta sequência de 30+ pontos de Harden termina. Os próximos jogos do Rockets são contra Lakers, Warriors, Hawks, Hornets, Heat, Celtics, Raptors e Sixers.

6) Quem leva o MVP? Está aqui uma grandíssima pergunta. Giannis, do Bucks, é um dos favoritos. James Harden, outro. Nikola Jokic comanda o surpreendente Nuggets. Paul George, que tem jogado incrivelmente bem pelo Oklahoma City Thunder, um bom nome. Steph Curry não pode ser descartado. Kawhi Leonard, que guia o Toronto no Leste, idem. Na minha modesta opinião, ninguém tem jogado mais que o grego Antetokounmpo, que merece ser o primeiro atleta de seu país a ser eleito o melhor atleta da temporada.

Instagram: Bruno Caboclo

7) O desempenho de Bruno Caboclo em Memphis continuará bom? O ala brasileiro renovou com o Grizzlies até o final desta temporada e também para a próxima, vocês leram aqui na semana passada também, lembram? Ele tem jogado bem, sobretudo defensivamente com seus tocos animais, e a dúvida é se ele manterá a regularidade em um time que está sem suas principais estrelas e, conforme você verá no tópico abaixo, querendo mais perder do que ganhar. Caboclo tem 6,1 pontos e 3,2 rebotes em 20 minutos por jogo até aqui.

8) Quem vai "tankar" mais? O termo tankar, na tradução literal pro português, significa perder de propósito para ter as melhores posições no próximo Draft. E como tem time tankando nesta temporada, hein… Knicks (11-47), Cavs (12-46) e Bulls (14-44) são os principais candidatos do Leste a ficar lá em cima na próxima seleção de novatos. Do Oeste temos o Phoenix Suns, cuja campanha de 11-48 é um "primor" pra quem pensa na primeira posição do Draft de 2019.

O comissário da liga, Adam Silver, disse no último fim de semana aliás que se preocupa demais com o fato de 20% da NBA (6 times) terem menos de 20% de aproveitamento de vitórias em suas campanhas, ou seja, que tem gente pra caramba jogando mais pra perder que pra ganhar. Resta saber se Silver vai mudar algo em relação a isso…

9) O Denver vai permanecer lá em cima no Oeste? Líder da NBA por muito tempo, o Denver Nuggets deu uma pequena caída desde que o armador Jamal Murray se lesionou. Murray não voltou bem ao time duas, três semanas atrás e a perfomance dele e da franquia do Colorado ficou bem pior – principalmente no ataque, um dos mais lentos da liga devido a presença de sua principal estrela, o fantástico Nikola Jokic. São três derrotas nos últimos cinco jogos, a campanha já é de 39-18 e o Thunder já ali no calcanhar para lhe roubar a segunda posição do Oeste (37-20 pro OKC).

SARAH STIER / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

10) O Oklahoma City Thunder é uma verdadeira ameaça ao Warriors no Oeste? E por falar em Oklahoma, o time que tem Russell Westbrook em sua terceira temporada SEGUIDA com média de triplo-duplo e um Paul George com médias e performance de MVP pode ser considerado a principal ameaça ao Golden State Warriors na conferência? Além de Russ e George, a equipe fechou recentemente com o experiente ala Markieff Morris e tem o ótimo pivô Steven Adams. Em minha modesta opinião, o OKC é o principal rival, sim, do Warriors na briga pelo título do Oeste.

E vocês, acham o quê?

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.