Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Passada metade da temporada da NBA, quem é quem na briga pelo MVP?

Fábio Balassiano

2016-01-20T19:07:23

16/01/2019 07h23

AFP

Chegamos à metade da temporada 2018/2019 da NBA. E com ela a pergunta que quase todo mundo se faz noite após noite: quem é o melhor jogador do campeonato até o momento? Alguns candidatos ao troféu de MVP surgem. Vamos a eles:

1) James Harden -> O que o Barba está fazendo é absurdamente surreal nesta temporada. São 34,8 pontos e 8,6 assistências de média e uma sequência de 17 jogos com 30+ pontos (tudo na ausência de Chris Paul). Recolocou o Houston na briga por mando de quadra no playoff e tem deixado rivais sem tornozelo e no chão noite sim, outra também.

2) Nikola Jokic -> O líder da grata surpresa chamada Denver Nuggets, melhor time do Oeste (29-14). O sérvio é a estrela mais altruísta da NBA, arremessa pouco (14,7/jogo) e tem as médias de incríveis 19,7 pontos, 7,5 assistências e 10,1 rebotes. Não parece, mas com sua qualidade de passe ele é o armador da franquia do Colorado. Sua técnica é absurda e seus triplos-duplos são sempre bem animais (contra o Knicks foram 19 pontos, 15 assistências e 14 rebotes, por exemplo).

3) Kawhi Leonard -> Depois de seu ano, digamos, sabático pelo Spurs o ala tem jogado um bocado pelo Toronto, um dos líderes do Leste (33-12). São 27,5 pontos, 8 rebotes e 3,2 assistências, melhores números de sua carreira e uma liderança em quadra para os Raptors que era bem necessária. Isso os números dizem. Seu impacto na defesa é um tanto quanto bem visto também. Com ele o perímetro canadense passou a ser melhor povoado e os ataques adversários têm menos liberdade pra pontuar. Kawhi é um cracaço.

4) Paul George -> No time de Russell Westbrook, o melhor jogador DISPARADO na temporada é Paul George, que tem segurado a onda do companheiro que tem arremessado mal pacas (menos de 25% de 3) e guiado o OKC às primeiras posições do Oeste (26-17 e terceiro lugar). PG13 tem 26,6 pontos, 8,1 rebotes, 3,9 assistências e uma defesa de elite (um dos melhores no quesito nesta temporada). Se o Oklahoma está vivo, bem vivo na disputa pelo título do Oeste, deve a ele – e muito.

5) Giannis Antetokounmpo -> Mesmo chutando muito mal de fora (17,2%), o grego é uma força descomunal nas infiltrações, no jogo de perto da cesta e, sem a bola nas mãos como tinha quando Jason Kidd era o técnico, consegue ser um perigo ainda mais mortal já que quando recebe a bola é sempre para ir em direção ao aro. São 26,4 pontos, 12,6 rebotes e 6,1 assistências. Seu percentual de conversão de arremesso é de quase 57,8%, algo explicável pela sua sanha do jogo mais pertinho do aro – o que não deixa de ser absurdo. E o melhor de tudo, seus números têm ajudado muito o Bucks a ser um dos melhores times da NBA (31-12 e liderança compartilhada do Leste – com o Toronto).

6) Steph Curry -> O começo errático do Warriors tirou Curry do foco um pouquinho. Mas foi só o armador retornar de lesão para as coisas voltarem ao lugar – para ele e para o Golden State. São 29,5 pontos, 5,5 assistências e 5,2 rebotes para o cara que é o motor, o diferencial, a alma e o ponto de união de um time que ainda tem buracos (sobretudo com Draymond Green, que vem tendo uma temporada horrenda). Com Curry, o jogo do Warriors flui e as vitórias vêm (já são cinco consecutivas, a última ontem contra o Denver no Colorado por 142-111 e o empate na liderança do Oeste com 30-14).

E pra você, quem merece ser o MVP da temporada pelo que fez até agora? Comente aí!

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.