Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Cavs começa mal, se recupera, vence o Boston e força o jogo 7 na final do Leste

Fábio Balassiano

26/05/2018 00h01

O jogo 6 da final do Leste começou com o Boston impondo ótimo ritmo e levando muita gente a crer que a conferência seria decidida nesta sexta-feira em Cleveland após os 25-20 dos primeiros 12 minutos. A Quicken Loans Arena, em Ohio, emudeceu temendo o pior, a eliminação.

Mas o Cavs tem LeBron James, e quem tem LeBron James leva algumas vantagens. Com mais uma partida fenomenal do camisa 23 (46 pontos, 11 rebotes e 9 assistências – a sua sétima com mais de 40 pontos neste playoff, algo que não acontecia desde 1989 com Michael Jordan), a franquia de Ohio fez 109-99 impulsionada através de um segundo período excepcional (34-18), empatou a série em 3-3 e forçou o sétimo e decisivo duelo, que acontecerá em Boston no domingo às 21h30. Isso tudo sem Kevin Love, o outro All-Star do time – ele saiu lesionado com cinco minutos de jogo (choque na cabeça).

Em mais um dado bizarro, a ESPN divulgou há instantes que LeBron James teve um triplo-duplo ou uma partida com 40+ pontos em cada um dos sete últimos jogos em que seu time poderia ser eliminado (tipo nesta noite em Ohio).

É chover no molhado, é clichê, é totalmente "igual a ontem", mas é absurdo o que fez LeBron James na noite desta sexta-feira (e em todo playoff de 2018 pra ser mais justo). É um domínio técnico, atlético e mental que chega a assustar. O Boston tentou todo tipo de marcação possível, mas não conseguiu reduzir em quase nada a sanha do craque do Cleveland, não.

Até o final do terceiro período LeBron sequer havia descansado, sentado no banco por dois, três minutos. Este é o tamanho da dependência deste Cleveland em relação a um cara de 33 anos que teima em não chegar à curva descendente de sua carreira (que tanque físico que é o rapaz!). É bem verdade que George Hill (20 pontos) e Jeff Green (14) foram bem, mas este Cavs é o que LeBron consegue ser, é o que LeBron consegue carregar pra ir adiante.

Agora é tudo ou nada em Boston no domingo. Quem leva: a juventude do Celtics, que terá a torcida a seu favor, ou o Cleveland, que tem um descomunal LeBron James?

Abaixo os melhores momentos da performance de LeBron James nesta sexta-feira em casa.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.