Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Ele enfim apareceu - Steph Curry brilha, Warriors atropelam Rockets e abrem 2-1 na final do Oeste

Fábio Balassiano

20/05/2018 23h14

Steph Curry estava sendo questionado após as duas primeiras partidas da série contra o Houston Rockets. Nos jogos no Texas, duas conversões em 13 arremessos de três pontos, péssima defesa e muita gente perguntando se o ritmo de jogo pós-lesão estaria prejudicando a sua performance.

Veio a noite de domingo, 1-1 no duelo, jogo importante e o primeiro tempo pareceu uma extensão dos primeiros 96 minutos da final do Oeste. Os torcedores que lotaram a Oracle Arena até que estavam satisfeitos com os 54-43 a favor do Golden State Warriors diante do Houston Rockets, mas viam Steph Curry teve 1/7 de fora e 9 pontos.

No segundo tempo, porém, apareceu o Steph Curry que o mundo conhece. O "brinquedinho assassino" saiu da jaula, pegou fogo, anotou surreais 18 pontos (7/7 nos chutes, e 2/2 de bolas de três) da forma que a gente se acostumou a ver (chutando rápido, de tudo que é lugar, marcado, sem ligar pra nada), guiou o Golden State a parcial de 34-24 e praticamente sacramentou a vitória do Warriors contra o Houston Rockets na terceira partida da final do Oeste com o placar de 88-67 após três períodos.

No último período, Steph continuou em chamas (oito pontos rápidos), e a franquia de Oakland, que teve a torcida do brasileiro Leandrinho, ex-jogador da equipe, no ginásio manteve o pé no acelerador pra vencer por magníficos 126-85 com 35 pontos de Curry (pior derrota de playoff da franquia Rockets, diga-se de passagem). Do outro lado, James Harden + Chris Paul, o principal duo do Houston Rockets, teve 33 pontos e 6 desperdícios de bola.

O jogo 4 será na terça-feira, também em Oakland, e o Golden State Warriors se aproxima de mais uma final de NBA caso vença novamente. Pro Rockets, ganhar o jogo 4 é praticamente imperativo para manter a série viva e não retornar ao Texas com 1-3 na bagagem.

Pra azar da turma do Houston, até o começo do segundo tempo Steph Curry não tinha aparecido na série – e mesmo assim estava complicado ganhar do Warriors. Ao final do jogo 3 o Rockets sabe que o "brinquedinho" está solto. E o estrago que ele causa pode ser visto neste domingo.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.