Bala na Cesta

Ele enfim apareceu - Steph Curry brilha, Warriors atropelam Rockets e abrem 2-1 na final do Oeste

Fábio Balassiano

20/05/2018 23h14

Steph Curry estava sendo questionado após as duas primeiras partidas da série contra o Houston Rockets. Nos jogos no Texas, duas conversões em 13 arremessos de três pontos, péssima defesa e muita gente perguntando se o ritmo de jogo pós-lesão estaria prejudicando a sua performance.

Veio a noite de domingo, 1-1 no duelo, jogo importante e o primeiro tempo pareceu uma extensão dos primeiros 96 minutos da final do Oeste. Os torcedores que lotaram a Oracle Arena até que estavam satisfeitos com os 54-43 a favor do Golden State Warriors diante do Houston Rockets, mas viam Steph Curry teve 1/7 de fora e 9 pontos.

No segundo tempo, porém, apareceu o Steph Curry que o mundo conhece. O “brinquedinho assassino” saiu da jaula, pegou fogo, anotou surreais 18 pontos (7/7 nos chutes, e 2/2 de bolas de três) da forma que a gente se acostumou a ver (chutando rápido, de tudo que é lugar, marcado, sem ligar pra nada), guiou o Golden State a parcial de 34-24 e praticamente sacramentou a vitória do Warriors contra o Houston Rockets na terceira partida da final do Oeste com o placar de 88-67 após três períodos.

No último período, Steph continuou em chamas (oito pontos rápidos), e a franquia de Oakland, que teve a torcida do brasileiro Leandrinho, ex-jogador da equipe, no ginásio manteve o pé no acelerador pra vencer por magníficos 126-85 com 35 pontos de Curry (pior derrota de playoff da franquia Rockets, diga-se de passagem). Do outro lado, James Harden + Chris Paul, o principal duo do Houston Rockets, teve 33 pontos e 6 desperdícios de bola.

O jogo 4 será na terça-feira, também em Oakland, e o Golden State Warriors se aproxima de mais uma final de NBA caso vença novamente. Pro Rockets, ganhar o jogo 4 é praticamente imperativo para manter a série viva e não retornar ao Texas com 1-3 na bagagem.

Pra azar da turma do Houston, até o começo do segundo tempo Steph Curry não tinha aparecido na série – e mesmo assim estava complicado ganhar do Warriors. Ao final do jogo 3 o Rockets sabe que o “brinquedinho” está solto. E o estrago que ele causa pode ser visto neste domingo.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Topo