Bala na Cesta

LeBron supera Jordan, Kobe e Bird e tem melhor temporada de arremessos no 15º ano na NBA

Fábio Balassiano

01/12/2017 06h02

Após um começo errático, o Cleveland Cavs aparentemente encontrou seu rumo. Venceu ontem o Atlanta Hawks fora de casa por 121-114, engatou a décima vitória consecutiva, já tem 15-7 e está na terceira posição da conferência Leste da NBA.

Como a gente já se acostumou a ver nos últimos anos, LeBron James tem dado as cartas na franquia (teve 24 pontos ontem à noite na Geórgia), mas nesta temporada 2017/2018 o camisa 23 tem jogado um verdadeiro absurdo, registrando o melhor aproveitamento de arremessos dos seus 15 anos jogando no melhor basquete do mundo.

Com um ponto importantíssimo nisso tudo: ele está prestes a completar 33 anos (no dia 30/12). Ou seja: quando muitos atletas começam a cair, diminuir suas médias, perder aproveitamento, LeBron consegue subir ainda mais o seu (já alto) nível. Veja só na tabela abaixo os dados completos e uma comparação com o que aconteceu com alguns dos melhores jogadores de perímetro de todos os tempos.

Em 2017/2018, LeBron James, já tendo jogado mais de 10 mil minutos de partidas de temporada regular, possui quase 58% de aproveitamento nos arremessos (57,9% pra ser mais exato), 1,2% a mais que em 2013/2014, sua antiga melhor marca de 56,7% de conversão. O melhor ano da carreira de Michael Jordan foi o seu sétimo na NBA, e MJ teve 53,9% aos 27 anos (auge físico). Larry Bird, na nona temporada dele, saiu-se com 52,7% (31 anos). Kobe, em seu sexto campeonato, 46,9% aos 23 anos.

Outro ponto interessante é que LeBron, autor de 28,2 pontos/jogo em apenas 37 minutos por partida (terceira menor minutagem dele na sua vida profissional), é o que menos arremessa entre os quatro citados em seus melhores anos de carreira – 19,1 por noite contra, por exemplo, 22,4 de Jordan, 22,1 de Bird e 20,1 de Kobe. Ou seja: mesmo com a mão quente ele faz questão de não ser tão centro das atenções assim.

Como ponto curioso, dá pra notar que na mesma décima-quinta temporada de carreira Michael Jordan registrou 44,5% de aproveitamento. Kobe Bryant, 45,1%. Larry Bird já havia se aposentado. Aos 32 anos e jogando o fino da bola para colocar o seu Cleveland Cavs praticamente nas costas, LeBron se tornou recentemente o mais jovem atleta a chegar a marca de 29 mil pontos (já tem 29.379 e está em sétimo de todos os tempos da NBA) e entrou em um seleto grupo que conta com Jordan, Kobe, Karl Malone, Wilt Chamberlain e Kareem Abdul-Jabbar como os únicos que possuem 400+ jogos de 30+ pontos na história da liga (um verdadeiro absurdo!).

Este texto não tem a intenção de mostrar que LeBron James é melhor ou pior que outros grandes atletas da história da NBA, mas simplesmente lançar luz sobre quão fantástica está sendo a temporada 2017/2018 de um dos jogadores mais incríveis de todos os tempos.

Muita gente duvidava que ele conseguiria ganhar outro prêmio de jogador mais valioso do campeonato, mas jogando o que está jogando, fazendo o Cavs vencer jogos quase que exclusivamente por sua causa, LeBron tem tudo para brigar pelo quinto troféu de MVP de sua brilhante carreira.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Topo