PUBLICIDADE
Topo

Bala na Cesta

A indignação de Oscar Schmidt: 'É uma vergonha'

Fábio Balassiano

25/11/2015 14h14

oscar2Conversei há instantes com Oscar Schmidt a respeito da matéria divulgada pelo UOL mais cedo.

Sobre o texto assinado pelo brilhante Lucio de Castro, que relata a má utilização do dinheiro público por parte de Carlos Nunes, presidente da Confederação Brasileira de Basketball, o Mão Santa disse o seguinte:

oscar1"Que vergonha, Fábio. Quando a gente acha que nosso país chegou ao fundo do poço, aparece sempre coisa pior! Muita gente me pergunta os motivos pelo qual eu não quero saber mais de política, sabia? Acho que não preciso dizer nada, pois os fatos, relatados à exaustão recentemente, falam por si. Prefiro me abster disso, principalmente no esporte que tanto amo, para não me machucar mais. Com minhas palestras faço meu trabalho e pronto. De todo modo, fica minha imensa tristeza", afirmou.

É uma declaração forte e de alguém que tem muito peso na modalidade. Oscar Schmidt, pelo que vejo, é o primeiro a se manifestar sobre a situação da Confederação Brasileira. Desnecessário dizer do peso que o brasileiro, Hall da Fama e um dos maiores jogadores de basquete deste país, tem em um momento destes. Bem bacana vê-lo se indignar.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.