PUBLICIDADE
Topo

Assistente de Magnano afirma: 'Espanha cometeu ato de indignidade esportiva'

Fábio Balassiano

16/08/2012 14h12

"Se o que importa é a medalha, a Espanha fez o que lhe convinha. Não enfrentou a Argentina nas quartas-de-final e nem os Estados Unidos na semi. Mas no espírito e no que você tem que gerar para os seus jogadores é indigno. Nós, no Brasil, preferimos manter as convicções e a maneira como vemos o basquete. Eu acho que o espírito olímpico é transmitido em qualquer fase da vida: do mini-basquete, passando pela formação e culminando com a Liga Nacional. É muito difícil dizer a um jogador 'Não jogue'. Eu não sei se foram os jogadores, o treinador (Scariolo) ou a comissão técnica, mas obviamente foi um ato de indignidade esportiva que não condiz com a busca da medalha olímpica"

A declaração, dada ao jornal Liberal (aqui o link completo), é de Fernando Duró, assistente-técnico de Rubén Magnano na seleção brasileira. Ele fala sobre o comentadíssimo jogo entre Brasil e Espanha na Olimpíada de Londres (relembre aqui). Na ocasião, a seleção de Rubén Magnano bateu os espanhóis por 88-82.

Sei não, mas este assunto ainda vai render horrores…

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.

Bala na Cesta