Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Australiana Cambage torna-se a primeira mulher a enterrar em Olimpíada

Fábio Balassiano

03/08/2012 09h23

E aconteceu a primeira enterrada do basquete feminino na história das Olímpiadas. Anote o dia e o nome da autora. Ela se chama Elizabeth Cambage e conseguiu o feito na manhã desta sexta-feira, quando a sua Austrália vencia a Rússia por 39-33 com menos de quatro minutos jogados no terceiro período.

A pivô de 2,03m recebeu a bola na linha de três pontos, viu o garrafão vazio e encontrou, enfurecida, o aro (mas se quiser chamar o aro de história, tá valendo). Levou a loucura o público que estava no ginásio e o banco australiano, que pulou sem parar com o feito da menina prodígio.

CLIQUE AQUI E VEJA O VÍDEO DA ENTERRADA

A norte-americana Candace Parker já havia dito a mim em 2008 que gostaria de ser a primeira mulher a enterrar em uma Olimpíada. Teve a chance de conseguir o feito em Pequim, quando Cambage tinha 17 anos e via os Jogos de casa, mas não concretizou e deixou a porta aberta para alguém conseguir marcar o nome na história em Londres.

E então por volta das 08:40 deste 3 de agosto de 2012 Elizabeth Cambage, que coincidentemente nasceu em Londres, entrou para a história. Momento sensacional do basquete feminino e para as Olimpíadas de 2012.

Ah, a Austrália venceu a Rússia por 70-66 (Cambage foi a cestinha com 17). Se é que isso importa hoje, claro.

 

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.