Bala na Cesta

Idolatria: Kobe Bryant lidera venda de camisas no mercado chinês; Curry é o 2° e Jordan o 3º

Fábio Balassiano

Kobe Bryant se aposentou das quadras ao final da temporada passada. A idolatria ao craque do Los Angeles Lakers, porém, segue intacta na China. O escritório da NBA no país asiático divulgou ontem à noite a lista das camisas mais vendidas entre setembro de 2015 e outubro de 2016.

A camisa 24 angelina foi a líder de um dos maiores mercados do planeta, superando a do MVP Steph Curry, astro do Golden State Warriors e líder em vendas no mercado americano.

Atrás de Curry ficou Michael Jordan, que mesmo depois de uma década aposentado ainda vende bastante. Após o melhor de todos os tempos vieram LeBron James (Cleveland Cavs), Allen Iverson (Philadelphia 76ers e também aposentado), Tim Duncan (San Antonio Spurs) e Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder). Outro ex-jogador também está na lista dos 15 primeiros: Tracy McGrady, muito popular na Ásia por ter jogado com Yao Ming, astro local, nos tempos de Houston Rockets.

Um dado interessante é que Kobe liderou a venda de camisas na China e também fez com que o Lakers, mesmo com a campanha ruim de 2015/2016 (17 vitórias em 82 jogos), liderasse o ranking de produtos oficiais dos times na China. Em segundo lugar veio o Golden State Warriors, finalista da temporada passada. Cleveland, o campeão de 2016, Chicago Bulls e Houston Rockets fecham os cinco primeiros.