Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Perto da 1ª final da NBA, Toronto oferece comida grátis a Kawhi caso astro renove com Raptors

Fábio Balassiano

2024-05-20T19:01:25

24/05/2019 01h25

Getty / AFP

O que era improvável uma semana atrás está prestes a se tornar realidade daqui a menos de 48h. Derrotado nas duas partidas da final da conferência Leste contra o Bucks fora de casa, o Raptors voltou pra Toronto, igualou o duelo em 2-2 na terça feira e na noite desta quinta-feira em Milwaukee o time bateu o fortíssimo rival por 105-99 para virar o duelo, fazer 3-2 e ficar a apenas uma vitória de chegar pela primeira vez na história da franquia a uma decisão de NBA. O jogo 6, certamente com a cidade de Toronto inteira parada, acontece no sábado às 21h30 (Sportv exibe). Campeão do Oeste, o Golden State Warriors segue aguardando seu adversário.

E se há um grande responsável por estar operando o milagre este alguém se chama Kawhi Leonard, protagonista maior da virada e um dos jogadores mais completos atualmente no basquete mundial. Jogando no sacrifício devido a dores no joelho e com a obrigação de marcar Giannis Antetokounmpo, grande astro do Bucks, Kawhi teve descomunais 35 pontos, 9 assistências e 7 rebotes nesta quinta-feira, mostrando ao mundo mais uma vez a diferença de um All-Star para um Superstar e, depois, para um jogador transcendental, como ele o é:

Pensando nisso e sabendo de que tipo de craque especial há pela cidade, os restaurantes de Toronto se mobilizaram desde o final da série contra o Philadelphia 76ers, quando Kawhi venceu a turma da Pensilvânia com um arremesso no último segundo com uma oferta pra lá de inusitada. Com contrato expirando e podendo assinar com qualquer uma das demais 29 equipes da liga, os proprietários de restaurantes da capital de Ontario, Canadá, começaram a estampar em suas lojas o seguinte adesivo: "Ka'Wine and Dine":

Basicamente o que os donos de restaurante estão dizendo ali é que, caso Kawhi Leonard renove com o Toronto após essa temporada, em qualquer um dos locais com esse adesivo estampado na porta o jogador poderá comer e beber de graça até o final de sua vida. Vamos combinar que a questão de Leonard nunca será dinheiro (já recebeu ao longo de sua vida profissional mais de US$ 70 milhões), sobretudo porque os Raptors poderão oferecer a ele nada menos que um contrato de US$ 190 milhões por cinco anos. O fato é que todos na cidade estão alucinados com o que o camisa 2 vem fazendo e tentando ajudar de alguma forma.

Os Raptors já tiveram grandes jogadores como Vince Carter, Tracy McGrady, Chris Bosh e DeMar DeRozan, entre outros. Nunca um craque do nível de Kawhi Leonard, um cara que pode deixar a franquia em um patamar altíssimo por muitos anos (ele tem apenas 27 anos de idade). Os torcedores da franquia sabem que sábado pode ser um dos dias mais especiais da história do basquete da cidade, quando o time local pode carimbar o passaporte para a final da NBA. Os donos dos restaurantes locais estão tentando fazer a sua parte para manter um cracaço deste tamanho por lá.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.