Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

A história escrita: Golden State Warriors alcança quinta final seguida da NBA

Fábio Balassiano

2021-05-20T19:06:24

21/05/2019 06h24

Divulgação: Warriors

Mais um capítulo escrito por este já histórico time do Golden State Warriors. Com roteiro parecido (começo atrás, virada e drama no fim), o time do técnico Steve Kerr venceu o Portland Trail Blazers fora de casa ontem à noite por 119-117 na prorrogação, fechou a final do Oeste em incontestáveis 4-0 e alcançou a quinta final consecutiva da NBA, algo que apenas o Boston Celtics (1957-1966) conseguiu. Nem Bulls de Jordan, nem Lakers de Shaq/Kobe ou Magic Johnson, nem Celtics de Bird atingiram tantas finais de liga de forma seguida. Isso dá a dimensão do está fazendo a franquia de Oakland nos últimos anos.

Reprodução Wikipedia

Na final, o Warriors espera contar com Kevin Durant, que se recupera de lesão na panturrilha e não participou do duelo contra o Blazers. A decisão da NBA começa no dia 30 de maio e o Golden State aguarda o vencedor da conferência Leste. No momento, o Milwaukee Bucks tem 2-1 contra o Toronto Raptors, com a partida 4 sendo disputada esta noite (21h, Sportv2) no Canadá. O Golden State não terá mando de quadra contra nenhum deles e iniciará a final fora de casa (Bucks teve 60 vitórias na temporada regular, Raptors conseguiu 58 e o Warriors, 57).

Na partida de ontem, alguns dados bem interessantes. Steph Curry de novo foi genial com 37 pontos, 13 rebotes e 11 assistências. Ao seu lado, Draymond Green teve outra partida fantástica (18 pontos, 14 rebotes e 11 assistências). A dupla se tornou a primeira da história dos playoffs a ter conseguido um triplo-duplo (dois dígitos em três fundamentos) em partida de pós-temporada. Curry, além disso, cravou sete bolas de três no jogo 4, terminando a série com surreais 26 conversões do perímetro e colocando-se definitivamente como candidato a MVP das finais, único troféu que ele ainda não possui aliás.

O jogo teve cenário idêntico aos últimos. O Portland começou bem, liderou a partida praticamente inteira, mas nos últimos cinco minutos o Warriors fez a sua famosa "corrida", com 24-16 no último período, para levar o jogo à prorrogação. Curry ainda chegou a matar uma bola de três nos segundos finais, mas a arbitragem marcou andada e invalidou o lance. No chute final, Damian Lillard (28 pontos e 12 assistências ao todo) errou o arremesso.

No tempo extra, bolas matadoras de Klay Thompson (17 pontos) e Kevon Looney (12 pontos e 14 rebotes) deram a vantagem necessária ao Warriors, que viu de novo Damian Lillard errar um arremesso no último lance para vencer a partida. O Golden State, aliás, tornou-se o primeiro time na história dos playoffs a ter conseguido virar 3 jogos seguidos depois de estar perdendo por 15+ pontos. "Só isso". Durante a série eles tiveram mais minutos atrás do placar (101) do que na frente (83). Déficit nos primeiros tempos: 23 pontos. Saldo positivo nos segundos tempos e prorrogações: 61.

Abaixo os melhores momentos do jogo de ontem:

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.