Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Boston e Toronto vencem, e semifinais do Leste estão praticamente definidas

Fábio Balassiano

2022-04-20T19:05:10

22/04/2019 05h10

AFP / Getty

No começo de fevereiro eu escrevi aqui que, no final da janela de trocas da NBA, a conferência Leste tinha quatro grandes times: Bucks, Raptors, Celtics e Sixers. Quase todos eles se reforçaram e chegariam fortes à pós-temporada. Dito e feito.

O Boston fez 110-106 no Pacers em Indiana neste domingo e eliminou o rival com impiedosos 4-0 em um duelo que tinha tudo pra ser mais equilibrado. Nesta segunda-feira às 21h o Milwaukee joga em Detroit com 3-0 e pode se classificar. Com triunfos consecutivos fora de casa contra Brooklyn e Orlando, Philadelphia e Toronto têm 3-1 e podem fechar em casa nos jogos 5.

Chama atenção o basquete apresentado pelo Boston nesta pós-temporada. Ainda irregular, ainda com momentos de apagão, sem Marcus Smart, que sempre dá uma ajuda monstruosa na defesa, mas conseguindo fechar os jogos com força, tendo Kyrie Irving voando (25 pontos de média e o aproveitamento surreal de 76% em partidas de mata-mata na carreira, melhor marca da história da NBA) e com uma participação bem fundamental de Gordon Hayward, que neste domingo anotou 20 pontos saindo do banco pra ser o grande herói contra o Pacers em sua melhor partida pelo Boston Celtics neste playoff até agora:

O Toronto, por sua vez, deu mais uma lição de como, por vezes, manter a estratégia é a melhor estratégia. Ponto para o técnico Nick Nurse, que em sua primeira temporada, seu primeiro playoff poderia ter metido os pés pelas mãos. Perdeu o jogo 1 em casa, não ligou o botão do pânico, jogou mal o jogo 2 mas venceu.

Desde então foi soberano na série, ganhando do Magic em Orlando as partidas 3 e a 4 neste domingo por 107-85. Um detalhe interessante de como o Raptors conseguiu se moldar para este campeonato são as formações iniciais dos playoffs de 2018 e de 2019.

Getty / AFP

Raptors iniciando o playoff em 2018 tinha Kyle Lowry, DeMar DeRozan, OG Anunoby, Serge Ibaka e Jonas Valanciunas. Em 2019, Lowry (único remanscente no quinteto titular), Danny Green, Kawhi Leonard, Paskal Siakam e Marc Gasol. Masai Ujiri, o gerente-geral, é muito bom. Time tinha 59 vitórias em 2019 e ele mudou TUDO sem o menor medo. Fez a reconstrução com o time em alta, algo raríssimo na NBA. Raptors está jogando muito bem neste playoff – apesar da bobagem inicial como de praxe no jogo 1.

Ao que tudo indica teremos Bucks x Celtics de um lado e Raptors x Sixers nas semifinais do Leste. Serão duas séries excepcionais. Vale ficar de olho.

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.