Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

A surra do Boston Celtics em Chicago que entra pra história da NBA

Fábio Balassiano

2009-12-20T18:04:03

09/12/2018 04h03

Não está fácil mesmo a temporada do Chicago Bulls. Um dos lanternas da NBA, com 6-21, o time abriu as portas do United Center para o confronto diante do rival Boston Celtics ontem à noite. E viu os verdes fazerem literalmente a festa. O placar mostra uma vitória de 133-77, e uma série de recordes quebrados.

Os 56 pontos de diferença superam a maior margem de pontos em uma vitória na história da franquia Celtics (antes eram 51, em 1962, contra o Philadelphia). Os mesmos 56 pontos igualam a maior diferença da história da NBA conseguida por um time visitante (o Seattle aplicou 136-80 no Houston Rockets no Texas em 1986). Na história da NBA, esta é a décima-terceira partida com a maior diferença. Nada supera, porém, os 68 aplicados pelo Cleveland Cavs contra o Miami Heat em 1991 com os 148-80.

Do outro lado, este é o maior revés sofrido na história da franquia Bulls. Superou os 53 pontos de diferença da derrota de 2001 para o Minnesota Timberwolves (127-74). O novo técnico Jim Boylen não deixou por menos: "Esforço terrível, maneira terrível de encarar uma partida de basquete, forma terrível de mostrar aos nossos torcedores o que gostaríamos de ser", disse após a partida.

Com 64-43 no primeiro tempo, o Boston fez 29-17 no terceiro período e os reservas seguiram pisando no acelerador para fazer 40-17 nos 12 minutos finais e fechar a partida em incríveis 133-77. Sete atletas do técnico Brad Stevens anotaram 10+ pontos e o cestinha, Jaylen Brown, veio do banco para anotar 23 em 28 minutos.

Uma surra pra entrar na história. Pra azar do Bulls, pela porta dos fundos da franquia. Abaixo os melhores momentos da partida:

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.