Bala na Cesta

Warriors fuzila no 2° tempo, bate o Houston e força jogo 7 na final do Oeste

Fábio Balassiano

27/05/2018 01h18

O Golden State Warriors saiu de um buraco imenso neste sábado. Depois de perder o 1° tempo por 61-51, deixando a sua torcida atônita na Oracle Arena naquela que poderia ser a última partida temporada (o Houston Rockets tinha 3-2 na série), o time voltou completamente diferente do vestiário e literalmente fuzilou o Houston na segunda etapa. Com inapeláveis 64/25, os Warriors fecharam o jogo em 115-86, deixaram a série empatada em 3-3 e forçaram o jogo 7 decisivo da conferência Oeste em Houston na 2a feira.

E mesmo frios os números do Warriors explicam muita coisa sobre como a vitória se deu. Sobretudo na pontuação. Klay Thompson teve 35 pontos. Steph Curry, 29. E Kevin Durant, 23, sendo o que pior (6/17) e menos chutou (17 contra 23 dos Splash Brothers). Pode parecer insano dizer isso de Durant, atual MVP e um dos dez melhores jogadores de basquete do planeta, mas pra este Warriors a realidade é que quanto menos tempo a bola estiver na mão de KD, mais a bola roda pro Warriors. Quanto mais a bola roda, menos previsível a coisa fica. Quanto menos preivisivel, mais difícil é de marcar o Golden State. Foi o quenacontrceu no segundo tempo, quando o ataque voltou a ser impulsionado pelos dribles de Curry e os deslocsmentos rápidos de Klay. O camisa 35 é craque, mas AMA o jogo de um-contra-um que a marcação texana tem sabido como deter desde o começo da série.

Ah, e vale ressaltar a partida completa de Draymond Green 4 pontos, 10 rebotes, 9 assistências, 4 roubos e 5 tocos – preencheu todas as linhas da estatística portanto. Quando o camisa 23 joga assim, as vantagens pro Warriors são gigantescas.

Pro Rockets a pergunta principal é se o armador Chris Paul, ausente na noite de hoje devido a problema muscular, joga na 2a feira no Texas. Caso não atue, a parada será bem difícil contra o atual campeão.

Por fim, vale dizer que a NBA não via 2 jogos 7 em final de conferência desde 1979. Vai acontecer em 2018. Primeiro em Boston neste domingo, quando os Celtics fazem o derradeiro duelo do Leste contra o Cavs de LeBron James (21:30, com ESPN). Depois na 2a feira em Houston, quando os Rockets medem forças com o Warriors (22h, com Sportv).

Emoção não vai faltar, não é mesmo?

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Topo