Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Warriors fuzila no 2° tempo, bate o Houston e força jogo 7 na final do Oeste

Fábio Balassiano

27/05/2018 01h18

O Golden State Warriors saiu de um buraco imenso neste sábado. Depois de perder o 1° tempo por 61-51, deixando a sua torcida atônita na Oracle Arena naquela que poderia ser a última partida temporada (o Houston Rockets tinha 3-2 na série), o time voltou completamente diferente do vestiário e literalmente fuzilou o Houston na segunda etapa. Com inapeláveis 64/25, os Warriors fecharam o jogo em 115-86, deixaram a série empatada em 3-3 e forçaram o jogo 7 decisivo da conferência Oeste em Houston na 2a feira.

E mesmo frios os números do Warriors explicam muita coisa sobre como a vitória se deu. Sobretudo na pontuação. Klay Thompson teve 35 pontos. Steph Curry, 29. E Kevin Durant, 23, sendo o que pior (6/17) e menos chutou (17 contra 23 dos Splash Brothers). Pode parecer insano dizer isso de Durant, atual MVP e um dos dez melhores jogadores de basquete do planeta, mas pra este Warriors a realidade é que quanto menos tempo a bola estiver na mão de KD, mais a bola roda pro Warriors. Quanto mais a bola roda, menos previsível a coisa fica. Quanto menos preivisivel, mais difícil é de marcar o Golden State. Foi o quenacontrceu no segundo tempo, quando o ataque voltou a ser impulsionado pelos dribles de Curry e os deslocsmentos rápidos de Klay. O camisa 35 é craque, mas AMA o jogo de um-contra-um que a marcação texana tem sabido como deter desde o começo da série.

Ah, e vale ressaltar a partida completa de Draymond Green 4 pontos, 10 rebotes, 9 assistências, 4 roubos e 5 tocos – preencheu todas as linhas da estatística portanto. Quando o camisa 23 joga assim, as vantagens pro Warriors são gigantescas.

Pro Rockets a pergunta principal é se o armador Chris Paul, ausente na noite de hoje devido a problema muscular, joga na 2a feira no Texas. Caso não atue, a parada será bem difícil contra o atual campeão.

Por fim, vale dizer que a NBA não via 2 jogos 7 em final de conferência desde 1979. Vai acontecer em 2018. Primeiro em Boston neste domingo, quando os Celtics fazem o derradeiro duelo do Leste contra o Cavs de LeBron James (21:30, com ESPN). Depois na 2a feira em Houston, quando os Rockets medem forças com o Warriors (22h, com Sportv).

Emoção não vai faltar, não é mesmo?

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.