Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Como nos velhos tempos: aos 36 anos, Wade tem partida fantástica e Miami vence nos playoffs

Fábio Balassiano

17/04/2018 00h10

O Miami Heat não conquistava uma vitória em playoff há quase dois anos. No dia 13 de maio de 2016 Dwyane Wade teve 22 pontos e seu time venceu o Toronto Raptors em casa por 103-91. Coube ao mesmo Wade, que entre 2016 e o começo deste ano passou por Chicago Bulls e Cleveland Cavs até voltar para a franquia da Flórida, recolocar o Heat no caminho das vitórias em pós-temporada na noite desta segunda-feira.

Saindo do banco de reservas, o camisa 3 teve uma atuação exuberante contra o Philadelphis 76ers na Pensilvânia e liderou o Miami a uma importante vitória de 113-103 para empatar a série em 1-1. Aos 36 anos, D-Wade esteve elétrico do começo ao fim, acertou 11 de seus 17 arremessos (a maioria com grau de dificuldade altíssimo), marcou 28 pontos em 26 minutos e teve atuação épica. De quebra, Wade ultrapassou Larry Bird e se tornou o décimo maior pontuador da história dos playoffs da NBA com 3.898 pontos.

Com a série empatada, Miami e Philadelphia voltam a se enfrentar na quinta-feira na Flórida com o mando de quadra agora a favor do Heat, que se vencer as suas três partidas em casa avança às semifinais de conferência Leste. O jogo 4 também será na American Airlines Arena no sábado. O jogo 5 na Pensilvânia já está garantido para a próxima terça-feira, 24 de abril.

Abaixo os melhores momentos de Dwyane Wade, o craque da Flórida:

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.