Bala na Cesta

Motivação é a palavra de ordem no Vasco pra reta final do NBB, por Felipe Souza

Fábio Balassiano

15/03/2018 13h01

Thiago Moreira / Vasco da Gama

* Por Felipe Souza

O Vasco começou o NBB com uma das favoritas para brigar pelo título da temporada, tem um dos grandes investimentos financeiros da competição, mas a realidade foi mais difícil que o sonho vascaíno. Em poucos meses o time demitiu um treinador (Dedé) e está na 11° colocação com campanha de 11 vitórias e 15 derrotas.

Com certeza esses pontos são algo que fazem com que qualquer equipe esteja preocupada, já que faltam apenas dois jogos para a temporada regular acabar.

Mas no Vasco da Gama, apesar de tudo isso, a nova palavra de ordem é motivação. O novo treinador Christiano Pereira, que já foi campeão da Liga Ouro (divisão de acesso para o NBB) e do torneio Super Four em 2016 com a equipe cruzmaltina, falou sobre o atual momento da equipe inclusive:

“Estamos muito na base da conversa com os nossos atletas. Sabemos que temos que melhorar muito, principalmente o astral da nossa equipe. Você conviver com vitória é muito fácil. Mas são nas derrotas que o grupo tem que mostrar hombridade e profissionalismo para reverter essa situação”, disse-me o treinador.

Não dá pra dizer que o time do Vasco é ruim no papel. Mas claramente alguns jogadores não estão mostrando o que todos esperavam no início do campeonato. Mas apesar da campanha ruim e de uma temporada um pouco frustrante nem tudo é ruim para o time de São Januário.

A equipe está vendo uma grande evolução de rendimento do ala Gustavo Basílio nessa temporada (9,6 pontos de média, a maior de sua carreira), Guilherme Giovannoni e David Jackson estão sendo importantes para o volume de jogo no ataque e nos dois primeiros jogos do Christiano no comando Lucas Mariano fez, somados, 30 pontos e pegou 10 rebotes, números bem maiores do que ele estava tendo em jogos anteriores (13 pontos e 8 rebotes nos 3 jogos anteriores).

Com a pausa do campeonato para o Jogo das Estrelas do NBB, Christiano terá tempo para trabalhar a motivação do seu elenco e ajustar pontos em quadra que ainda são necessários.

Creio que a equipe tem tudo para “surpreender” nos playoffs e, quem sabe, enfim mostrar a sua força, pois motivação é algo que não deve faltar. Antes da pós-temporada chegar, a equipe vascaína ainda enfrenta o Franca (24/03) e o Bauru (27/03).

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Topo