PUBLICIDADE
Topo

Bala na Cesta

Sem pivôs e com nova geração, Jogo das Estrelas acontece hoje

Fábio Balassiano

16/02/2014 11h48

* O blogueiro viajou a convite do Canal Space

hakeem1Acontece hoje, às 22h na New Orleans Arena (o Space exibe), o Jogo das Estrelas de número 63 da história da NBA. É o famoso duelo entre Leste e Oeste, mas dessa vez há dois fatos bem bacanas – e diferentes: a ausência de pivôs nos quintetos titulares e a chegada de uma nova turma (literalmente) entre os melhores da liga.

Conversei sobre a ausência de pivôs com Hakeem Olajuwon, um dos melhores "cincos" de todos os tempos, e ele foi bem claro (colocarei o trecho todo na entrevista): "É uma nova face do basquete, e temos que aprender a conviver com isso. O basquete está mais rápido, todo mundo sabe arremessar de longe, o jogo está quase sem contato. Então você olha dois times, como os do Oeste e do Leste amanhã (neste domingo) e confirma que hoje na NBA poucos times jogam com pivôs. E os que jogam nem sempre utilizam os caras grandes perto da cesta. É só olhar a quantidade de alas-pivôs e pivôs que têm saído para arremessar. Não é um problema, mas uma mudança de tempos, sem dúvida alguma. Mas deixo claro que jogadores como Dwight Howard, gigantes que podem dominar na defesa e no ataque, sempre terão espaço", afirmou Hakeem.

curry1

O Leste irá a quadra com Kyrie Irving, Dwyane Wade, LeBron James, Paul George e Carmelo Anthnoy, em uma das formações mais leves da história do All-Star (um armador e quatro alas). Do outro lado, Stephen Curry, James Harden (no lugar de Kobe Bryant), Kevin Durant, Blake Griffin e Kevin Love (um armador, dois alas e dois alas-pivôs).

Além disso, é bem interessante notar a entrada da nova safra de craques da NBA. Nomes como Jason Kidd, Kevin Garnett, Tim Duncan e Paul Pierce não estão mais por aqui, e jogadores com mais de 30 anos temos apenas Wade e Dirk Nowitzki. Pela primeira vez desde 2003, aliás, apenas UM atleta com mais de 30 será titular (Wade, pelo Leste). E serão seis estreantes no ASG, feito raríssimo e que mostra que a nova fornada está tomando mesmo a liga de assalto (Paul Millsap, John Wall, Stephen Curry – na foto à direita -, Damian Lillard, Anthony Davis e DeMar DeRozan – além do técnico Frank Vogel, que dirige os rapazes do Leste pela primeira vez).

dupla1Além disso tudo há uma nova grande rivalidade que a imprensa norte-americana tem tentado vender a qualquer custo. É a entre LeBron James e Kevin Durant. Os dois são amigos, mas disputam as manchetes por aqui e vira e mexe são perguntados sobre o desempenho do outro e como fazer uma comparação. LeBron tira de letra, mas Durant parece não estar muito satisfeito com isso, não. Na sexta-feira ele disse que tem respondido sobre LBJ umas 40 vezes por semana, e que não é algo tão bacana assim. Em quadra, hoje, ambos são os grandes favoritos para ser o MVP da partida.

Vai acompanhar o All-Star Game esta noite? Quem irá vencer? E essa fase da liga, quase sem pivôs, o que acha?

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.