PUBLICIDADE
Topo

Bala na Cesta

MVP do NBB4, Murilo recebe proposta e pode acertar com Bauru para a próxima temporada

Fábio Balassiano

05/03/2013 12h30

O fim de semana das estrelas normalmente é o começo das negociações entre clubes e atletas do NBB. Não é uma data oficial, mas é neste momento que as coisas realmente começam a tomar forma.

Vamos aos gringos primeiro. Simmons, do Vila Velha, está é um dos mais cobiçados. Com 20 pontos de média, o James Harden do VV foi cortejado por duas equipes e não deve permanecer no Espírito Santo pro NBB6. Outro norte-americano, Holloway, de Sorocaba, disse que jogará a D-League na próxima temporada. Beal, ótimo jogador do Minas, foi assediado, mas deve ficar em BH.

Entre os brasileiros, o nome que deve movimentar o mercado é Murilo. Melhor jogador do NBB4, o ala-pivô de São José recebeu ótima proposta de Bauru, por onde foi campeão nacional em 2002, e pode acertar com o time de Guerrinha no final deste campeonato para suprir uma lacuna do time bauruense de longa data – a pontuação no garrafão. O acordo está sendo estudado pelo jogador e pelo seu empresário, e a negociação deve demorar um tempo ainda (não será anunciada com o atual NBB rolando, obviamente). É um nome de respeito para Bauru, não?

ATUALIZAÇÃO DO POST (21h03): A assessoria de Bauru, através do jornalista Caio Casagrande, informa que o clube não fez proposta alguma pelo atleta. Peço desculpas sinceras. Não há compromisso com o erro aqui.

Outras movimentações que podem ocorrer: Felipe Ribeiro, do Basquete Cearense, deve voltar a São Paulo após grande temporada no Nordeste. Baby, muito bem em Mogi, tem tudo pra emplacar em um time de peso no NBB6. No Rio de Janeiro, o Flamengo deverá apertar os cintos financeiros (sua folha hoje gira em tornos de incríveis R$ 500 mil/mês), e alguns nomes poderão sair (nesta semana divulgarei uma entrevista com Marcelo Vido, diretor de esportes olímpicos).

O nome mais cobiçado é o de Murilo, e parece que Bauru levou o grande prêmio do mercado brasileiro. São José, que renovou seu patrocínio e manteve o armador Fúlvio, ainda tenta segurar sua estrela, mas não será fácil. O time de Guerrinha tem verba e conta com um elenco fortíssimo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.