Topo
Bala na Cesta

Bala na Cesta

Insosso, All-Star Game vê despedidas de Wade e Dirk, Kevin Durant MVP e vitória do time LeBron

Fábio Balassiano

18/02/2019 07h05

STREETER LECKA / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

Foi um All-Star Game como (quase) sempre. Insosso em termos competitivos do começo ao fim, mas cheio de representatividade durante a partida realizada ontem em Charlotte. No final, vitória por 178-164 (quase um placar de temporada regular…) do Time LeBron contra o Time Giannis. Com 31 pontos e 7 rebotes, Kevin Durant foi eleito o MVP da peleja, que em 2020 será realizada em Chicago (sim, Michael Jordan, o dono da casa neste fim de semana, passou a bola para a sua Chicago por onde fez tanta história).

Além dele, se destacaram Giannis Antetokounmpo (38 pontos, 11 rebotes e 5 assistências – seria o MVP se tivesse vencido o jogo…), capitão de seu próprio time obviamente, e do outro lado Paul George (20 pontos), Damian Lillard (18 pontos) e Klay Thompson (20 pontos), fundamentais para a reação do time LeBron na segunda etapa. Astro da casa, Kemba Walker, do Charlotte Hornets, teve apenas 4 pontos e 8 assistências em 20 minutos.

O lance mais lindo, insano, completamente fora da caixa, da partida veio ainda no primeiro tempo. Na metade do segundo quarto aliás. Steph Curry veio com a bola e… Aperta o play, vai. Reparem onde o rapaz da camisa 34, o Giannis, salta pra pegar a pelota:

Além disso, vale a pena mencionar o carinho da NBA com seus veteranos. Convidados de honra para participar da partida, algo que nunca havia acontecido e que merece ser elogiado, os "vovôs" Dwyane Wade, que se aposenta ao final da temporada, e do quarentão Dirk Nowitzki, duas lendas do basquete, foram homenageados depois do intervalo e receberam camisas comemorativas:

Foto: NBA Media

No intervalo, aliás, show do Rapper J. Cole, que entrou com um agasalho retrô do Charlotte Hornets (aquele famoso, da abelha…), e uma situação inusitada. LeBron James pediu ao técnico Michael Malone, do Denver Nuggets e que o comandava na noite de ontem, para assistir ao espetáculo. Não é algo comum em All-Star Game, mas, bem, é uma festa e faz total sentido.

O treinador ouviu, riu e respondeu: "Claro que pode. Especialmente se você voltar para a defesa no segundo tempo". LeBron fez que sim com a cabeça, se esbaldou no show e comandou a reação de seu time na segunda etapa (50-36 no terceiro período e 46-33 nos 12 minutos finais).

A temporada da NBA volta na quinta-feira com seis partidas e a segunda parte da fase regular conhecerá os oito melhores times de cada conferência (Leste e Oeste). Por enquanto o Milwaukee Bucks, de Giannis, lidera o Leste com 43-14 e no Oeste o Golden State possui 41-16. Os playoffs começam no dia 13 de abril,

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.