Bala na Cesta

Celtics mostra força, vence agônico jogo 7 e enfrentará o Cleveland na decisão do Leste

Fábio Balassiano

15/05/2017 23h40

Foi um jogo 7 com todos os ingredientes de um jogo 7 de playoff. Agônico, nervoso, com heróis esperados e inesperados, frustração do derrotado e alegria do vencedor. Diante de um forte Washington Wizards, o Boston Celtics fez 115-105, venceu o time da capital, fechou o confronto em 4-3 e enfrentará o Cleveland Cavs a partir de quarta-feira na final da conferência.

O jogador do Boston que mais chamou a atenção desta vez não foi Isaiah Thomas, que foi muitíssimo bem com 29 pontos e 12 assistências, seu recorde pessoal em playoffs, mas sim Kelly Olynik. O canadense saiu do banco para ter uma atuação monumental com 26 pontos, 5 rebotes e 4 assistências, dando forças para os Celtics nos momentos mais críticos do jogo (final do terceiro período e começo do último) e sendo, junto com o baixinho Isaiah, o principal responsável pela classificação à decisão do Leste. Olynik foi provocador e provocado a série inteira, agredido por Kelly Oubre Jr. em uma partida, mas aguentou bem o tranco e deu a resposta em quadra – como deve ser. Do outro lado, desempenho muito bom de Bradley Beal (38 pontos) e de John Wall (18 pontos e 11 assistências), mas infelizmente pra equipe da capital o banco de reservas voltou a se ausentar (apenas cinco pontos).

Vale aqui uma menção especial ao técnico Brad Stevens, que teve uma sagacidade incrível ao manter Isaiah Thomas no começo do quarto período – ao contrário do que normalmente faz. Impactado pelo desempenho de seu time, que fechou o terceiro período com 13-3, Stevens deixou o camisa 4 em quadra para abrir diferença e tirar o Washington da frente. Deu certo, e foi ali que os Celtics abriram vantagem e colocaram o Wizards bem longe do placar. Não é algo comum na cabeça do treinador, mas saber improvisar com inteligência, ainda mais em um jogo 7, é coisa pra poucos – e bons.

Os verdes não chegavam tão longe em pós-temporada desde 2012, quando foram derrotados na decisão do Leste justamente pelo Miami Heat de LeBron James. Cinco anos depois, será a hora da revanche para os Celtics contra LeBron e companhia?

Sobre o blog

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Topo