Bala na Cesta

Fala, Leitor: O clássico da última rodada do NBB entre Flamengo e Brasília

Fábio Balassiano

* Por Gabriela Castro e Abigail Ibernon (textos e fotos)

O clássico dos campeões: Brasília venceu o Flamengo por 77-71 em Manaus pela última rodada do NBB. Foi uma eletrizante partida, com bom aproveitamento ofensivo de ambos os lados, que contou com alta performance dos jogadores e com desfalques pelo lado do Brasília que encarou o Flamengo sem Alemão e Fúlvio, peças importantes da rotação do time.

O resultado do confronto não influenciou a tabela de classificação do G-4, com o Flamengo sendo o primeiro e Brasília o quarto, mas deu o combustível necessário para a equipe brasiliense chegar mais confiante aos playoffs após vencer o líder do campeonato duas vezes nesta edição.

O cestinha da partida, Lucas Mariano com 20pts, destacou, em entrevista após a partida, a importância de ganhar um jogo contra o Flamengo visando o possível confronto de quartas-de-final nos playoffs. Bruno Savignani, técnico do Brasília, demonstrou orgulho do time e ressaltou a eficiência do banco, principalmente diante dos desfalques que o time enfrentou e a ausência de Fúlvio, que sentiu tornozelo contra o Macaé.

José Neto, técnico rubro negro, garantiu que o time não saiu de cabeça baixa com a derrota e decidiu poupar os titulares nos últimos segundos para dar oportunidade para o banco jogar: ''Brigamos pelo placar até os minutos finais, saímos com espírito de vitória e com tempo necessário para trabalharmos a próxima fase''.

Após sentir uma dor no tornozelo, ainda no primeiro quarto da partida, Marcelinho ficou fora o restante do jogo: ''Foi uma dor incômoda mas que não afetará os playoffs. Por via das dúvidas resolvemos não forçar. Estamos focados e almejando o título''.

Flamengo e Brasília, já garantidos nos playoffs, aguardam o resultado das oitava de final para saber quem serão seus adversários na próxima fase do campeonato.