Bala na Cesta

Sequência invicta de São José já é a segunda maior da história do NBB

Fábio Balassiano

15 – São as vitórias seguidas de São José dos Campos no NBB4. O time, que liderou a fase de classificação (23-5) e bateu Franca ontem por 94-80 para fechar os playoffs em 3-0, não perde desde o dia 28 de janeiro de 2012 quando o Minas fez 85-80 em Belo Horizonte.

Esta é a segunda maior sequência de vitórias da história do NBB. A maior segue sendo a do Flamengo no NBB1 (temporada 2008/2009), que teve 24 consecutivas (17 pela fase de classificação e sete pelos playoffs – quartas, semi e primeiro jogo da final). O período de invencibilidade foi de 18/03/2009 até 13/06/2009. Nesta temporada, Brasília teve a terceira maior (12 jogos entre 28/01/2012 até 10/04/2012).

É bom lembrar que São José já está na semifinal, e o máximo que pode atingir nesta temporada, em termos de invencibilidade, são 19 jogos (mais três da semi e a final em jogo único). Para quem não começou a competição como um dos grandes favoritos, o time de Régis Marrelli, que tem o melhor armador do NBB (Fúlvio), o melhor jogador (Murilo), uma baita revelação (Ricardo Fischer) e um punhado de bons jogadores de composição de elenco (Dedé, Jefferson, Laws, Chico e Calvo) é uma belíssima surpresa e pode, sim, colocar fim ao reinado de Flamengo e Brasília (dois títulos deste, um do rubro-negro).

Até quando vai a série sem perder de São José?

  1. Tentando repetir atuação, Flamengo recebe São José na abertura das semifinais do NBB | Bala na Cesta

    15/05/2012 11:23:30

    [...] semifinais do NBB4. Time de melhor campanha na competição, São José, invicto há 15 partidas (aqui), vem ao Rio de Janeiro (21h, no Tijuca, com promessa de transmissão do Sportv) para medir forças [...]

  2. Abimael

    08/05/2012 14:46:11

    Senhores se essas respostas são para o meu comentario, por favor quero deixar claro que acho o Fischer um ótimo jogador e que faz a diferença no são josé e acredito inclusive que assim como outras promessas deveria ter sido convocado para a preparação do sulamericano, porem acredito que para essas olimpiadas ainda é cedo. É um grande jogador e ira evoluir muito ainda. Se o são josé manter o Fischer no time fara um ótimo negócio. Na minha opinião em alguns anos será o melhor do Brasil e voltara a jogar em um grande time da Europa.

  3. mario

    07/05/2012 18:15:05

    Tá precisando ver mais basket amigo.Vc ter assistido mais vezes o Raulzinho e o Rafael , não quer dizer que o Fischer nnao jogue tanto ou melhor do que eles. Se informe sobre o curriculo do Fischer aqui no Brasil e na Europa.Vai ficar surpreso como eu fiquei.Abraços.

  4. Mario

    07/05/2012 18:08:11

    Que tristeza de comentårio!!!! O menino joga muito, quando o Fulvio esta lesionado ele garante o nivel do jogo, arma muito bem, todas as vezes que entra garante o placar e ainda abre a diferença a favor do SJ.É para sua decepção ele é muito querido pela torcida por sua competencia.Vc não sabe nada de nada e deveria ter cuidado com esses comentários desnecessarios, mostra sua ignorancia do jogo

  5. Vinícius

    05/05/2012 15:36:46

    Na boa...os joseenses não morrem de amor pelo Fischer não...só estamos tolerando pq ele tem marcados uns pontinhos e tal...mas ninguém curte o cara não.

  6. Abimael

    05/05/2012 14:30:14

    Fulvio merece a chance de ser chamado para a preparaçao e mostrar se deve ou nao ficar no grupo. Me perdoem mais essas olimpiadas nao sao nem para nezinho, luz, fischer, ou nezinho, as olimpiadas serao "amanha" e devemos levar os melhores hoje, sem pensar em time ou passado mais apenas no momento e no momento no Brasil nao ha outro nz posiçao jogando melhor que fulvio e fora só o huertas, é a modesta opiniao de quem acompanha basquete a 22 anos.Abraço a todoa

  7. Gilcimar

    04/05/2012 23:43:17

    Sou Joseense e estou torcendo muito para esse time ir mais adiante. Fomos campeões Paulista e pq não ser o melhor time do Brasil? Minha praia é o futebol, mas que o Murilo e o Fulvio jogam muito não ha como discutir.

  8. Will13

    04/05/2012 22:30:23

    É exatamente isso. concordo plenamente, E o pior larry tá aqui só a 4 anos.E ainda tem raulzinho, Machado, Benite, Rafael Luz.E sem falar que o larry é velho, por exemplo pra Olimpíadas de 2016 ele vai ter 35 anos e 9 meses.

  9. Vinícius

    04/05/2012 21:38:51

    Ah..legal! No site da liga tem uma ferramenta que permite ver as estatísticas individuais dos jogadores nas 3 últimas temporadas. Nos 3 últimos NBB's o IA do Fúlvio é superior ao do Nezinho...

  10. Luis Inácio

    04/05/2012 20:02:34

    Gustavo, me desculpe, mas discordo totalmente de você!O Larry é muito mais jogador do que o Fúlvio, e quanto a ser brasileiro ou não, isto não vem ao caso, pois ele está naturalizado, tem plenas condições.Agora, o que mais me deixou perplexo foi você indicar o Fisher para a seleção... isto é impossível! Não que seja um mal jogador, porém longe, bem longe de ser um selecionável.Antes dele temos Raulzinho, Rafael Luz e até o Fúlvio.Com o seu comentário, posso ter certeza de uma coisa: você é um Joseense nato!! rs

  11. Matheus

    04/05/2012 19:23:46

    Quem julga se é justo ou não amigo, é a justiça, seguindo as leis do país e a FIBA seguindo o regulamento da modalidade. Segundo a justiça o Larry agora é brasileiro, segundo a Fiba um brasileiro naturalizado tem o mesmo direito de defender a seleção brasileiro que um brasileiro nato. Agora se você acha que um brasileiro nato, tem mais direitos do que um brasileiro naturalizado, você precisa rever seus conceitos e atualizá-los de acordo com o século que você vive.

  12. O SABIO

    04/05/2012 18:27:11

    CONCORDO PLENAMENTE. ASSIM COMO CONVOCAR O LEANDRINHO E O NENÊ. NÃO ACHO Q ELES SÃO OS SALVADORES DA PÁTRIA E SEM ELES AS CHANCES DE MEDALHAS SERÃO ZERO. FALTA DE RESPEITO COM OS QUE PARTICIPARAM DO PRÉ-OLÍMPICO. É PREFERIVEL DAR EXPERIÊNCIA AOS MAIS NOVOS PRA FAZER UMA BELA OLIMPÍADA NO RIO A CONVOCAR ESSAS PESSOAS AE.

  13. Fábio Balassiano

    04/05/2012 17:59:58

    esse é bacana - e um dos melhores para se analisar um armador.são quantas assistências ele dá dividido pelo número de erros dele.ou seja.média de 8 assistênciasmédia de erros, 2.assist por erros, 4.abs

  14. Vinícius

    04/05/2012 17:52:34

    Sou suspeito para comentar, pois moro em São José e acompanho o time desde que foi formado. Infelizmente no site da liga não há informação disponível do NBB 1. Considerando a fase de classificação de cada temporada, verifiquei que no NBB 2 o time foi o segundo na média de assistências (18 e IA=1,34), e primeiro nos NBB 3 (18,71 e IA=1,54) e NBB 4 (17,75 e IA=1,30), sendo que por duas vezes o Fúlvio foi líder no fundamento.Bala, pode nos esclarecer melhor como se analisa o IA (índice de assistências por erro)?

  15. Gustavo

    04/05/2012 16:17:54

    Bala, vc colocou um pto importante que deve ser repensado e discutido: o país precisa mesmo do Larry na seleção brasileira? Td bem que o Fúlvio não tem nível internacional, mas é justo trocar um brasileiro nato por uma americano que está aqui a 6 ou 7 anos(?)? E pior, deixar de chamar uma revelação como o Fisher? Em minha opinião, chamar o Larry é uma tremenda falta de respeito com o país, com a modalidade e nada mais é do que "cobrir do sol com a peneira".

  16. eliana

    04/05/2012 15:39:20

    Parabéns ao técnico. Ele valorizou seu elenco e construiu o, sem dúvida, melhor time do campeonato. É uma equipe que tem muitas jogadas, passa muito a bola, desmontando qq defesa. Os jogadores são muito sintonizados. É gostoso ver as soluções que eles encontram pra resolver ataques, sempre coletivas. Eu acho que o mérito é do técnico pois os jogadores, valiosos, é verdade, nunca jogaram tão bem. Nesse sentido acho q o mé rito é dele

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso